Informação

Nome: António Leonel Vilar Nogueira Sousa
D. Nascimento: 13-04-1980
Altura (Mt): 1.84
Peso (kg): 79
Nacionalidade: Portuguesa
Naturalidade: Lourosa
Posição: Defesa Central
Número da Camisola: 13
Clube: SPORTING CLUBE DE PORTUGAL

Ultras Tonel

Os Ultras Tonel são um grupo de amigos que vê no jogador António Leonel um excelente central, que demonstra em todos os jogos a sua garra de leão. Quando o vimos ser apresentado de leão ao peito não imaginaríamos que viria a ser um pilar da "nossa" defesa. No entanto, com o passar a época agarrou as hipóteses dadas e tornou-se com Polga um dos principais chefes da defesa leonina. Foi, assim, crescendo a empatia entre nós e o Tonel, de modo que após o golo frente ao Estrela da Amadora que nos deu a vitória, tivemos a ideia de criar um estandarte e percorrer Portugal (e não só) com a equipa do SPORTING!

Força Tonel! Estaremos Sempre Contigo!

Mail: antonioleonel13 ARROBA gmail.com

Vídeos

Loading...

domingo, 18 de março de 2007

Tonel no dragãozinho

In A Bola
Tonel já tinha confidenciado junto de alguns amigos que se os médicos do Sporting o autorizassem a ir ver o FC Porto-Sporting ao Estádio do Dragão... iria.

E, pelos vistos, os clínicos leoninos deram-lhe luz verde, porque o defesa-central marcou ontem presença nas bancadas do recinto dos portistas, na companhia da sua mulher, Liliana.

Dessa forma, o internacional português do Sporting juntou o útil ao agradável, uma vez que, sendo natural de Lourosa, aproveitará o dia de hoje para matar saudades dos pais, que aí residem.

Tonel viveu intensamente as emoções da partida, mas, no final, instado por A BOLA a opinar sobre o jogo, o central escusou-se, educadamente, a prestar declarações.

No entanto, e apesar do grupo só regressar ao trabalho na terça-feira, Tonel vai apresentar-se já amanhã na Academia de Alcochete, para, dessa forma, dar seguimento aos tratamentos que visam recuperar o mais rapidamente possível da intervenção cirúrgica à articulação acromio-clavicular do ombro direito, contraída no jogo com o Estrela da Amadora, depois de ter caído desamparado após uma entrada violenta do avançado Moses.

Tonel pára 5 semanas

Foi é, depois do jogo contra o Estrela, TONEL foi operado ao ombro direito e terá de parar 5 semanas. É pena que não possamos contar com esta peça fundamental na defesa mas outros estarão à altura(como foi o caso do Caneira no dragãozinho). Esperemos que possa voltar no prazo de 5 semanas a actividade para ganhar forma para a ponta final do campeonato que se prevê muito interessante!

FORÇA TONEL!

domingo, 11 de março de 2007

Traumatismo no ombro direito


In Record
Tonel com traumatismo no ombro direito
(...)
Tonel foi dado como inapto - sofreu um traumatismo no ombro direito no encontro de ontem - e ficou a fazer tratamento. O defesa central irá ser submetido a exames complementares a fim de avaliar a gravidade da lesão.


Aquele Moses deu-te bastante porrada(literalmente) mas tu aguentaste-te como um SUPER GUERREIRO e nem te preocupas-te em lhe retribuir umas cacetadas. Arriscar um amarelo por um calhau daqueles? Devias era ter mandado o gajo lá para a terra dele! Ser do SPORTING é ser diferente!
FORÇA GRANDE TONEL!

SPORTING 3 - 1 Estrela

Um jogo bastante agradável de se assistir! O resultado foi justo e talvez tenha pecado por ser pouco para o nosso lado(aqueles 2 remates de Romagnoli aos postes...).
Fomos outra vez saudados pelo Tonel que nos fez sinal na entrada da segunda parte e no golo quando Djaló foi festejar mesmo à frente do Saco que tinha o estandarte bem levantado!
De salientar os dois excelentes golos de Djaló. Em ambos demonstrou uma frieza na altura do ultimo remate, sendo que no primeiro golo apontado por ele, o facto de ter quase sentado o guarda redes do Estrela pareceu um toque de génio.

In O Jogo
6 Tonel
Travou um duelo intenso com Moses, saindo algumas vezes maltratado dos lances que protagonizou com o ganês. Contudo, nunca se intimidou perante as acções menos ortodoxas do adversário, procurando impor a sua vontade. Esteve quase sempre em bom plano no capítulo do passe, conseguindo criar algumas clivagens na estrutura defensiva do Estrela com lançamentos para as costas da defesa. A excepção na certeza do endosso aconteceu no lance que deu o golo dos tricolores: foi de um passe seu - demasiado puxado - para Miguel Veloso que resultou o contra-ataque do Estrela finalizado por Moses.


In A bola
Tonel 6
Um passe algo precipitado, na direcção de Miguel Veloso, resultou no golo de Moses, na única oportunidade do Estrela. Uma das principais vítimas da agressividade, por vezes na fronteira com a violência, de Moses. Resistiu a responder na mesma moeda.

sexta-feira, 9 de março de 2007

Tonel na Conferência de Imprensa


In Record
Tonel: «Se quiserem assobiem no final do jogo»
CENTRAL ENTENDE INDIGNAÇÃO DOS ADEPTOS

"Compreendo que os adeptos não estejam satisfeitos com o rendimento da equipa, mas estou convicto de que não haverá uma reacção negativa da parte deles. Durante o jogo, só peço que apoiem a equipa, porque os nossos objectivos são iguais. Se no fim acharem que a nossa prestação não foi positiva, estarão então no direito de assobiar. Durante o encontro espero que isso não aconteça" (...)
"O Estrela da Amadora é uma equipa boa e organizada, mas temos uma força anímica muito grande e, depois do último jogo, queremos mostrar todo o nosso valor. Espero uma partida difícil, até porque não existem jogos fáceis. A jogar em casa, espero que tenhamos os adeptos connosco. Queremos ganhar".


In A bola
«Gostaríamos de ter o Liedson» (Tonel)

«O mais importante é o jogo com o Estrela da Amadora, é nisso que estamos concentrados pois vão estar três pontos em disputa. Não podemos pensar já no FC Porto», alertou Tonel, consciente das dificuldades que a equipa de Daúto Faquirá vai colocar em Alvalade: «O Estrela é uma equipa com qualidade, organizada e que atravessa um bom momento. Certamente virá a Alvalade com um objectivo que nós teremos de contrariar».
«O jogo com o Porto será importante depois do encontro com o Estrela da Amadora, em nossa casa, onde têm existido demasiadas surpresas», reconheceu.
Quanto a Liedson, o defesa-central preferiu não tecer grandes comentários. «As entidades responsáveis do clube estão a tratar desse assunto, mas é óbvio que gostaríamos de ter o Liedson», referiu, contrapondo: «Haverá outro jogador para entrar no seu lugar e que vai, com certeza, dar seu o máximo. Mas o mais importante é que consigamos o nosso objectivo de vencer o jogo».

«Mostrem descontentamento só no final»
«Compreendo que os adeptos, por vezes, tenham razões para mostrar o seu descontentamento, mas que o façam apenas no final do encontro e não durante. O pedido que deixo aos sportinguistas é que, durante os 90 minutos, nos ajudem a conseguir um bom resultado, e, caso haja razão para mostrar o desagrado, que o façam apenas após o apito final do árbitro», pediu.


In O jogo
“Enquanto for possível…”

O distanciamento em relação ao topo da Liga permite ainda acreditar no título?
O Sporting ainda tem ambição, pois ainda é possível. Temos de chegar ao segundo lugar e não estamos em condições de desperdiçar o que quer que seja. É mais difícil, mas olhamos para cima e temos a convicção de que vamos conseguir chegar ao segundo lugar, para depois lutar pelo primeiro.

O que é que tem falhado?
Há coisas que falharam, que, se eu soubesse, era fácil corrigir. Tem faltado o último toque e, às vezes, a estrelinha para fazer um golo e ajudar a ganhar jogos. Não temos estado a um nível elevado como deveríamos. Com o Leiria, no entanto, com dez jogadores, fomos uma equipa ambiciosa, lutadora e aguerrida. Faltou aquela frieza na finalização e um bocadinho de sorte.

Nos últimos seis jogos da Liga, o Sporting empatou cinco. A falta dessa estrelinha é a justificação?
Não. É um facto no que diz respeito ao último jogo, mas não é desculpa para nada. Não quero justificar os nossos resultados com a sorte.

Ficaria satisfeito, ou conformado, com o segundo lugar?
Não, queremos ser primeiros, mas, antes de mais, temos de chegar ao segundo lugar o mais rapidamente possível. Temos de ser lúcidos e estamos a cinco pontos do segundo. O primeiro lugar, agora, é mais difícil.

Então, o jogo com o FC Porto será determinante nessa escalada…
Só será importante depois de vencido o Estrela. Já aconteceram surpresas em nossa casa, pelo que não podemos cair no erro de pensar no FC Porto agora.

Nesta altura, qual dos três grandes é o mais forte?
A tabela classificativa diz que o FC Porto é o mais forte.

Com o título cada vez mais comprometido, será mais natural a equipa concentrar-se na Taça de Portugal, competição na qual tem favoritismo?
O próximo jogo da Taça é só em meados de Abril. Temos, até lá, jogos da Liga, nos quais estamos proibidos de pensar na Taça. A única coisa que posso dizer sobre a Taça de Portugal é que é bom jogar em casa [com o Beira-Mar, nas meias-finais].

Como é que o grupo digeriu o castigo aplicado a Liedson, que ficará impedido de defrontar Estrela e FC Porto?
De vital importância é o jogo com o Estrela da Amadora. Estamos concentrados, porque vale três pontos – não pensamos ainda no FC Porto. O caso de Liedson está a ser tratado por pessoas competentes do clube. Sem o Liedson, vamos enfrentar o próximo jogo com outro jogador, que vai dar o máximo para vencer.

Viu o lance no campo? Com que impressão ficou?
Estava longe, não me apercebi. Pelas imagens de televisão, todos viram.

Existe algum sentimento de revolta no plantel após o sucedido?
Depois de analisar o jogo de Leiria e de jogar grande parte do jogo com dez, fica um sabor amargo.

Acha que o Sporting tem razão de queixa das arbitragens?
Não quero falar disso ou de casos.

Antes do Natal, houve muitas queixas sobre o estado do relvado, mas, entretanto, foi colocado um novo tapete e as exibições continuam na mesma…
Sim, mas não é por isso. O relvado ainda não está a cem por cento, levanta um bocadinho em algumas zonas, mas não é por aí…

Desistir?

NÃO! Não vamos desistir dos "nossos" objectivos!
Não temos colocado notícias mas as nossas idas a alvalade têm sido as habituais. O Tonel teve suspenso um jogo e só voltou para a Taça contra a Académica, jogo que só o Vxc presenciou ao vivo.
Amanhã estaremos de novo em Alvalade para apoiar o ENORME SPORTING e claro, Tonel.
Esperamos ver um bom jogo... mesmo que a derrota seja o resultado final, desde que se jogue futebol e mostrem a garra de leão, coisa que não tem sido muito visível excepto em Leiria e na primeira parte contra a Académica para a Taça, pois derrotas acontecem e algumas bastante injustas.
Força SPORTING!

Tonel... faz O golo da vitória!!!